Gabinete Relações Internacionais ISCAP © 2018 | ISCAP

Os estudantes de intercâmbio ou internacionais no ISCAP, que frequentam as aulas em português, podem escolher unidades curriculares dos diversos planos de estudos oferecidos pelo ISCAP. No entanto, todos os estudantes devem seguir o calendário escolar e as regras de avaliação do ISCAP, disponíveis no RIFA.

 

Planos e Regras de Avaliação

  1. Um semestre académico é composto por um período de aulas e outro de exames. Logo, o fim das aulas não significa o fim do semestre, a não ser para aqueles alunos que tenham tido aproveitamento a todas as unidades curriculares, por avaliação contínua. O semestre inclui, assim, o período de exames, pelo que o estudante deve marcar a viagem de regresso apenas para o final do semestre, de modo a não comprometer o sucesso da mobilidade académica.

  1. É muito importante que não falte à primeira aula das unidades curriculares a que está inscrito(a), pois é normalmente na primeira aula que o professor apresenta aos alunos o programa, assim como as suas regras de avaliação. É direito e dever do estudante estar informado sobre os métodos de avaliação das unidades curriculares a que está matriculado no ISCAP.

  1. Os métodos e as datas de avaliação são estipulados e comunicados aos alunos pelos professores. Logo, não deverão existir excepções para a realização de um teste ou para a entrega de um trabalho ou apresentação oral, excluindo casos justificáveis e aceites pelo professor. Se, por alguma razão, não o estudante não obteve esta informação nas primeiras aulas, nem esta se encontra na plataforma Moodle, o estudante deve solicitá-la junto do professor em tempo útil.

  1. Existem dois regimes de avaliação no ISCAP: (a) avaliação contínua e (b) avaliação finali. Os alunos devem escolher o regime de avaliação, de acordo com as instruções de cada docente, na Plataforma da Secretaria Online, em “Regime de Avaliação”, no prazo aí indicado para cada unidade curricular.

 

  1. Avaliação Contínua:

Neste tipo de avaliação, podem ser considerados os seguintes critérios: presença obrigatória em 75% das aulas; participação nas aulas; trabalhos individuais ou em grupo; projectos/relatórios individuais ou de grupo; testes; outros meios de avaliação definidos pelo responsável da disciplina.

  1. Os estudantes são aprovados se tiverem uma nota mínima igual ou superior a 9,5 (Escala Portuguesa 0-20)

  2. Caso os alunos reprovem (tenham nota média inferior a 9,5), podem inscrever­ a um exame (Época de Recurso)ii

  3. A inscrição em exames de recurso requere o pagamento de uma taxa de €3,00

 

  1. Avaliação Final:

A avaliação final consiste num exame que será realizado durante a época de exames. Este exame vale sempre 100% da nota final.

  1. Os alunos têm de se inscrever obrigatoriamente para os exames, enviando um e-mail ao Gabinete de Relações Internacionais, com a indicação do nome da unidade curricular e da data do exame.

  2. Caso o aluno reprove no exame de época normal (obtenha menos de 9,5) pode inscrever-se na época de recurso.

  3. Caso o aluno deseje melhorar a nota obtida no exame de época normal ou em avaliação contínua, pode realizar um exame de melhoria de nota, também durante a época de recurso.

5. A disciplina incluída no programa de intercâmbio, com o nome de Projecto tem um regime sem presenças obrigatórias. Neste caso, o aluno deve marcar uma reunião com o seu supervisor nas primeiras semanas do semestre e definir claramente: o tema, o número de trabalhos a entregar, o número de páginas (perto de 30) e datas de entrega (tanto para a apresentação oral, como para a escrita).

 

Sistema de Avaliação em Portugal

O resultado obtido numa disciplina, quer em avaliação continua quer em avaliação final, é feito numa escala de 0-20. A nota mínima para aprovação é 10 (9,5).

Avaliação Portugal (0-20)

ECTS

17-20

A

15-16

B

13-14

C

11-12

D

10

E

8-9

FX

<8

F

 

 

 

Qualquer dúvida referente ao tipo de avaliação e ao sistema de notas deve ser clarificada com o professor ou tutor responsável, o mais rápidamente possível.

i Os alunos devem escolher o método de avaliação dentro das datas estipuladas previamente.

ii Para isto o aluno terá que se inscrever e pagar uma quantia de €3. O estudante tem 48h para o fazer após o lançamento da nota na Secretaria Online. Caso exceda esse prazo terá de pagar um valor de €10. Nota: se na altura do segundo exame o aluno já não se encontrar em Portugal, por razões fundamentadas e comprovadas pela instituição de origem, este pode realizar o exame na sua universidade, no caso do professor do ISCAP e da sua universidade concordarem.

Tel: +351 229 050 050
Fax: +351 229 025 899
Rua Jaime Lopes Amorim, s/n
4465-004 S. Mamede Infesta
Portugal